Aproveitei esse Carnaval para ler um pouco mais do que o normal, e no fim consegui terminar de ler “O Vendedor de Sonhos – O Chamado” do Augusto Cury. Achei o livro excelente. O que me ajudou também a terminar a leitura tão rápido é que o livro tem capítulos relativamente pequenos, e a cada um deles vai colocando mais tramas na história, fazendo com que você queira continuar com o próximo. Ou seja, o livro é de uma leitura muito agradável, daqueles que você começa e não consegue mais parar.


Ele conta a história de um “mestre” misterioso que aparece para o protagonista do livro, que estava a beira de cometer um suicídio. Ninguém sabe quem é esse mestre, de onde veio, e qual seu objetivo. Mas ele vai caminhando e levando sua palavra e conquistando seguidores pelo caminho, se tornando cada vez mais conhecido e ouvido. Várias pessoas optam por seguir uma vida próxima a do mestre, sem lenço nem documento, apenas levando boas palavras às pessoas, vendendo sonhos pelos cantos.


Como eu disse, a trama vai se desenrolando de um jeito muito gostoso e intenso, cheio de acontecimentos interessantes. E o final do livro não poderia ficar pra trás. É um final surpreendente, que prende e você quer ler tudo de uma vez, para saber tudo sobre o misterioso mestre e sua vida.


Mas não vou ficar escrevendo muito sobre a história para não tirar a surpresa de ninguém.


Eu recomendo fortemente a leitura desse livro, É uma verdadeira lição de vida.
Tem uma continuação (O Vendedor de Sonhos e a Revolução dos Anônimos) que eu já encomendei na Estante Virtual e estou só esperando chegar para devorar. E agora também vou finalmente ver o filme desse livro, que esteve recentemente no cinema. Espero que seja bom e fiel ao livro. O que vocês acham?